Encontre nossa
unidade mais próxima!

Central de atendimento

0800 606 1334

Solicite seu orçamento

Controle AGC



Publicada em: 29/12/2015

No Amazonas, especialistas alertam sobre combate correto a pragas urbanas

A presença de ratos chama a atenção de quem passa pelo entorno da Praça da Matriz, no Centro de Manaus. Para combater a situação, o Centro de Controle de Zoonoses de Manaus (CCZ) deve começar uma ação contra aos animais em razão da subida do nível dos Rio Negro neste período do ano.

Ratos, pombos e insetos são pragas urbanas que se não combatidas de forma expressiva tendem a prejudicar a saúde pública. Segundo o biólogo Felipe Pinheiro, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), o risco de doenças trazidas pelos animais aumenta com a subida das águas no Amazonas.

No Centro, os roedores começam a aparecer ao entardecer, quando a movimentação de pessoas diminui. Pinheiro orienta que o primeiro passo para se livrar das pestes é limpar os locais. "Primeiramente, tem que ser feita a eliminação dos quatro atrativos: acesso, abrigo, água e alimento"

Além do roedor, outro animal tem preocupado os órgãos responsáveis pela saúde pública: pombos. O combate à ave, segundo o biólogo do CCZ, é mais delicado. "O pombo é protegido por legislação, então não temos como matá-lo para controle. Já com o rato, podemos fazer uma avaliação para determinar se vamos intervir com produtos químicos", explicou.

Fonte: G1






Publicada em: 29/12/2015

Infestação de aranhas assusta moradores em São Manuel

Uma infestação de aranhas em Aparecida, distrito de São Manuel (SP), na região Centro-Oeste Paulista, tem assustado os moradores da cidade. Os animais aparecem aos montes sempre por volta das 19h, todos os dias. Uma moradora, que preferiu não se identificar, fez um vídeo das aranhas paradas nos fios da Rua Padre Antônio Roncine.

Há relatos de outros dois lugares além da rua onde mora em que o fenômeno acontece. Por estarem em grande quantidade, há medo por parte da população com a possibilidade das aranhas serem venenosas e apresentarem perigo. 

O médico veterinário Rodrigo Teixeira do zoológico de Sorocaba (SP) analisou as imagens e afirmou que as aranhas estão em teias e geralmente estas espécies não costumam ser venenosas. Ainda segundo o especialista, uma explicação para este fenômeno seriam as altas temperaturas e alta umidade, associado à oferta de alimento. Ele ainda ressalta que não vê perigo nas aranhas e que elas ajudam no controle dos insetos.

Segundo a assessoria de imprensa de São Manuel, o município não recebeu nenhuma denúncia referente à infestação. Uma equipe do Meio Ambiente e o responsável pela subprefeitura foram ao local para averiguar a situação e, nesta sexta-feira (16), a Zoonoses fará o trabalho de retirada das três colônias de aranha. Elas devem ser levadas para uma fazenda longe da cidade para serem devolvidas ao habitat natural.




Fonte: G1
 






Mais vistos:
Traças e suas características
Dedetização ou desinsetização?
O que é Controle Integrado de Pragas?
Como evitar acidentes com aranhas.
Os morcegos e sua utilidade

Arquivo do blog:
2016 (5)
2015 (35)


Sou franqueado Unicontrol
Central de operações: Rua Missões, 110, Mathias Velho - Canoas / (51) 3032.3232
Central de atendimento: 0800 606 1334
Mais unidades